Passos

Passos N. 252, Novembro 2022

Uma alegria incomparável
Para esta edição de Passos, a revista oficial do Movimento Comunhão e Libertação, decidimos dedicar a maior parte da publicação ao encontro com o Santo Padre ocorrido no dia 15 de outubro, em Roma, na passagem do centenário de nascimento de Luigi Giussani, o fundador do Movimento.
Na parte central estão os textos da Audiência, com a saudação do atual presidente, Davide Prosperi, os dois testemunhos escolhidos para exemplificar a vivacidade do carisma, hoje – Rose Busyngie e Hassina Hussan –, e as palavras do Papa Francisco.

O evento foi acompanhado por cerca de 60 mil pessoas presencialmente na Praça de São Pedro, e alcançou milhares de outras pessoas que assistiram a transmissão através do rádio, TV ou internet.

Naquele mesmo sábado foram realizadas centenas de missas em ação de graças pela Audiência, pela vida de Giussani e por todo o povo que foi gerado pelo sim deste sacerdote, que apesar de nunca ter sido nomeado bispo, no Brasil recebe o tratamento “Dom”, assim como aconteceu com Dom Bosco, pelo som semelhante a “don”, que em italiano significa padre e como ficou popularmente conhecido aqui.

Também queremos compartilhar com nossos leitores a mensagem de Prosperi ao Santo Padre alguns dias após o encontro de Roma: “A Audiência que Vós nos concedestes no sábado passado pelo centenário do nascimento de Dom Luigi Giussani foi um dos eventos mais significativos na história do Movimento de Comunhão e Libertação. A paternidade, o carinho e o abraço amoroso que Vossa Santidade nos deu encheu nossos corações de uma alegria incomparável. Por isto, Santo Padre, gostaria de lhe agradecer: suas palavras nos confirmaram num caminho de santidade que todo nosso povo deseja percorrer, seguindo o carisma que o Espírito Santo doou a Dom Giussani. Suas palavras são um encorajamento para continuar no caminho trilhado e um grande chamado de atenção para a responsabilidade de juntos servir a Igreja. Seu discurso, tão intenso e pessoal, também nos permitiu mais uma vez identificar-nos com a experiência espiritual de Dom Giussani, com sua percepção do acontecimento de Cristo e com sua paixão missionária. Enfim, gostaria também de lhe agradecer a energia, o tempo e o entusiasmo com que Vossa Excelência se dedicou a saudar os fiéis, percorrendo várias vezes a Praça de São Pedro. Santo Padre, em nome de todo o movimento de CL gostaria de reafirmar nossa devota filiação a Vós, em obediência ao que de tempos em tempos desejará nos indicar, na certeza de que, seguindo Vós, ‘doce Cristo na terra’, permanecemos no caminho preparado para nós pelo Senhor”.