Psicóloga que combate a desnutrição é eleita Empreendedora Social 2011

Folha on-line

"Eu não estava preparada [para receber o prêmio]. Esse prêmio é fruto de um trabalho e de uma historia que é parte de um método do qual participaram centenas de pessoas", disse, emocionada, a psicóloga Gisela Solymos, vencedora do Prêmio Empreendedor Social 2011.

A plateia lotada, com mais de 400 pessoas e formada por representantes da sociedade civil, do governo, do terceiro setor e de empresas que praticam responsabilidade social, aplaudiu a psicóloga de pé.

Gisela é diretora-geral do Cren (Centro de Recuperação e Educação Nutricional), que atende crianças e adolescentes. Mães são instruídas a fornecer alimentação balanceada aos seus filhos.

O evento [na quarta-feira, 9 denovembro, à noite] realizado no Masp (Museu de Arte Moderna de São Paulo) foi aberto pelo maestro João Carlos Martins. Vídeos produzidos pela TV Folha com os seis finalistas da premiação foram apresentados ao público.

Gisela concorreu com Claudia Vidigal, do Instituto Fazendo História, Dagmar Garroux, da Casa do Zezinho, Iraê Cardoso, a Aappe (Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais), José Dias, do Cepfs (Centro de Educação Popular e Formação Social), e Luciana Quintão, do Banco de Alimentos.

"Estou muito comovida e agradecida porque sei o que significa fazer uma obra social: é muito sangue e suor", completou Solymos.

O Prêmio Empreendedor Social é uma parceria da Folha com a Fundação Schwab. Neste ano, o concurso teve 272 inscritos de 24 Estados e do Distrito Federal.

Leia mais aqui.