Mundo - 2017

Silvia Fasana e Roberto Avallone com Giacomo recém nascido

A voz no deserto

MundoAlessandra Stoppa

Nasceu nos Emirados Árabes, onde o aborto é proibido, exceto no caso da sua doença. Da "Passos" de novembro, a história de Giacomo Avallone, que viveu por oito horas e “disse” a todos o que é a vida. O diário escrito pela mãe conta o caminho que fizeram

A família Avallone: Silvia, grávida, com Roberto e suas filhas
Padre Julián Carrón

Disarming Beauty. O lugar da Fé

MundoMattia Ferraresi

No posto avançado do mundo pós-cristão, a perspectiva de A beleza desarmada impressionou os críticos. O livro de Carrón se insere no debate americano sobre o papel dos cristãos, frequentemente pendendo entre cultura da guerra e isolamento.

Um dos artigos do jornal americano sobre o ''Disarming Beauty''
A família Tamras. Da esquerda: o avô Michael, o filho mais velho Tommy, a mãe Caroline, papai Martin, Josephine e Charbel.

O início da paz

MundoAnna Leonardi

A história dos TAMRAS, a família cristã que ficou por um ano refém do Estado Islâmico. A noite do assalto, a prisão e a fé de três jovens, junto com seus pais e o avô. Enquanto a mãe negociava com o chefe dos milicianos (de Passos setembro)

A família Tamras, em uma foto antes do sequestro. Desde fevereiro 2016 vivem juntos novamente na cidade de Al Hasakah, pois o vilarejo deles foi destruído.
Miryam com a irmã Zumoruod

«O nosso refúgio»

MundoMaurizio Vitali

Ela provocou admiração com o vídeo em que perdoava os homens do Estado Islâmico. Depois de três anos, MYRIAM e sua família ainda vivem como refugiados em Erbil. Eles nos contam sobre a vida no acampamento, as provações, e uma decisão: permanecer no Iraque

A preparação da primeira missa após a libertação, em uma igreja de Qaraqosh, a 30 km de Mosul

Maltrainsema, ou seja, abertos a todos

MundoP. Bergamini, A. Leonardi, P. Ronconi e A. Stoppa

Mais uma história daqueles que experimentam esta estranha companhia em lugares e circunstâncias muito diferentes. Aqui, sobre uma Fraternidade de Como, na Itália

A força de pedir ajuda

MundoP. Bergamini, A. Leonardi, P. Ronconi e A. Stoppa

"Uma ajuda ao nosso coração para que a nossa vida caminhe diante de Cristo." Era como D. Giussani sintetizava «o ponto central» da fraternidade de Comunhão e Libertação. Uma história de quem experimenta esta estranha companhia

No setor 5 da Cañada Real, Madri

Ir aos pobres: as sextas-feiras de Bocatas

MundoElena Santa María

Há vinte anos, cada semana, levam comida aos dependentes químicos da periferia mais perigosa de Madri. Começaram em três. Agora são dezenas de jovens. Que aos mesmos, incluindo jovens ciganos, oferecem a sua amizade

Vozes de Bocatas (1:01)

A última palavra

MundoAnna Leonardi

O marido assassinado, seis filhos para manter. Depois chegou a ELA, doença que lhe bloqueou o corpo. Entre momentos de escuridão e uma vida que explode à sua volta. Giovanna conta o que a conquista, de novo, todas as manhãs.

Misha e Anja

As palavras não bastam

MundoLuca Fiore

Para explicar à família o encontro com CL, Misha, da Bielorrússia, leva trinta amigos a Gomel. Saiba o que aconteceu naqueles dias e as perguntas que nasceram deste evento. "O que significa seguir um carisma católico?"

O encontro com Carrón na Biblioteca dello Spirito
Capa da biografia: "Luigi Giussani. Su vida", <br>Ediciones Encuentro, 2015.

A revolução do Senso religioso em Cuba

MundoAnna Leonardi

Alejandro emprestou o livro de D. Giussani ao seu pai, Luís. Ele, velho comunista, apaixona-se. Agora andam os dois às voltas com "A Vida de Dom Giussani"

Passeio das comunidades da China e Taiwan.

Hong Kong. Aquela grande preferência

MundoPaola Ronconi

Da China a Taiwan, trinta e cinco pessoas se encontraram para três dias de convivência. O fio condutor? “Uma história de amizade”

Criança desenha no campo de refugiados.

“Fomos queridos”

MundoFrancesca Brufani

O caderno de Sama, o presente de Mohammed, as notinhas fiscais coladas pela pequena Hlass... Relato de uma voluntária que trabalhou por um ano na Grécia, entre rostos e histórias de um milhão de imigrantes. E uma surpresa: “Esta é Belém”

Astana, a capital do Cazaquistão

Cazaquistão, sempre além

MundoDavide Perillo

É uma simpatia humana tão potente que muda a vida de Maja, transforma o olhar de Nasgul sobre o pai que a abandonou, e as aulas escolares, em “perguntas eternas”. Seis dias com a comunidade de CL do Cazaquistão

Uma escola em Karaganda