Cartas - 2018 - Página 2

Fundo comum. «Com a letícia que nasce da gratidão...»

Cartas

No início se chamava “dízimo”, e em parte cobriu as despesas dos que partiram em missão. Mas tanto naquela época como hoje, o sentido é um só: que tudo, até o dinheiro, esteja em função do Reino de Deus. Como testemunham estas cinco cartas

O quarto da Jacinta

Cartas

Em Portugal, o relato do entusiasmo de crianças tipicamente irrequietas quando se lhes mostra que a experiência da santidade está ao seu alcance. Um grupo de catequistas levam suas crianças a visitar o quarto de Jacinta, uma das videntes de Fátima

A greve e a crise. De onde partir?

Cartas

A greve dos caminhoneiros provocou a todos no Brasil. E alguns amigos nossos responderam a essa provocação. Leia aqui algumas cartas.

Prato, a catedral de Santo Estêvão

Prato. Eunice e essa hora das segundas

Cartas

A procura por um novo emprego, um coral de cantos africanos e o caminho da Escola de Comunidade. O encontro com uma mulher de Camarões e um jantar solidário são, para Paola e seus amigos, ocasião de um redespertar

O coro de Eunice

«Um convite e um sim»

Cartas

De 28 de abril a 1 de maio, algumas famílias e muitos filhos, e amigos dos filhos, se reuniram para uma convivência. Uma amizade nascida pela pertença ao Movimento

Via Sacra em Salvador

Via Sacra. «Nesse convite ocorre sempre uma novidade»

Cartas

Numa Via Sacra que se repete todos os anos, a novidade da «verdade que brilha e se impõe, límpida, sem nenhum artifício». Leia o testemunho de Fátima sobre o gesto organizada pela comunidade de Salvador

Eleições. «Como comecei a entender "a posição do Movimento"»

Cartas

Mario tem 62 anos e participa de CL desde sempre. Entretanto, o trabalho proposto sobre as eleições a princípio o incomodou. «Que passo me é pedido?». O relato do seu percurso, que o levou até à estima por «quem for tomar decisões diferentes da minha»

Uma rua de Havana Velha

Cuba. «Na história, o fiel não é você»

Cartas

«Onde está Deus? E por que permite isso?». A descoberta da doença do melhor amigo. Uma fé que não se sustenta diante da dor. Depois, a realidade com suas próprias perguntas. E um lugar onde colocá-las com liberdade. A história de Reiniel

A Catedral de Havana
Panfleto sobre o projeto AVSI

Ligar os gestos à origem

Cartas

Um encontro de Fraternidade e depois o canto juntos. Um contentamento que enche de gratidão. No dia seguinte, a difícil decisão inicial de aderir às Tendas de Natal da AVSI e o espanto pela beleza vivida

Padre Ibrahim e alguns paroquianos

Natal em Aleppo. A experiência de viver com Ele

Cartas

O desejo de recomeçar e de festejar. As obras de caridade e aquelas educacionais. Gianni passou o período de Natal na paróquia dos franciscanos da cidade síria. Onde, em coisas cotidianas, transparece a origem de uma vida que floresce