Cartas

Cartas - 2020

Vinte e sete pares de olhos e o risco zero

Cartas

A vontade de recomeçar a escola. O discurso pronto para o primeiro dia. As discussões exaustivas sobre os protocolos de segurança: «Não seria melhor ficar em casa?» Mas o olhos dos alunos por trás das máscaras...

«A descoberta inédita» de voltar às aulas

Cartas

Professora e mãe, na noite anterior à reabertura das escolas. Tudo está pronto, «parece quase normal». Mas a vida mudou nos últimos meses. O que pode reacender a espera de um novo início?

A catedral de São Lourenço em Gênova

Gênova. Tudo por causa daquele convite

Cartas

O batismo de Anduela e o encontro com o bispo, última etapa de uma amizade que começou numa tarde de caritativa e com uma pergunta: «O que está por trás?»

<em>Favela pela janela</em>, de Simone Santos

Revista Passos. Folheando páginas de carne

Cartas

Giovanna, uma assinante da Revista Passos, escreveu à redação para agradecer e descrever uma companhia que, mesmo durante o isolamento, «entrou no meu quarto sem ressalvas»

América Latina. Se a quarentena “soa” melhor

Cartas

De sete países, conectados por WhatsApp e por Zoom. O que une esse grupo de universitários em sua grande paixão pela música. E uma nova amizade inesperada que nasce de uma pergunta: «Para Quem o fazemos?»

Canción con todos - O vídeo dos universitários d América Latina (4:56)
Os preparativos em Nervi

Gênova. «Será que somos surdos ao sublime?»

Cartas

Da provocação de um jovem nasce a “praça de Nervi”. Uma semana em que, perto de casa, encontram aquilo pelo qual sempre foram a Rímini. «O segredo do Meeting é tão real, que acontece em qualquer condição»

Rio de Janeiro. Meu vínculo com o infinito

Cartas

Para Bracco, a chegada da pandemia foi um terremoto na vida, mas também o início de um caminho. Com os Colegiais, com as mães... Uma novidade que nasce da descoberta da própria humanidade

Os stories do Instagram dos colegiais brasileiros
Perth (Foto George Bakos/Unsplash).

Perth. O presente da ternura

Cartas

John viveu o confinamento na Austrália, obrigado a ficar em casa com filhos e netos. Uma situação aparentemente ideal, mas nada fácil: «Fui obrigado a dar alguns passos, inclusive tendo os pés lavados por minha filha na Quinta-feira Santa»

Em caminho até Aparecida

Uma companhia que possibilita um caminho

Cartas

Só quatro jovens puderam fazer a peregrinação anual dos universitários ao Santuário de Aparecida. Mas com eles, conectados, iam dezenas de amigos de nove países. «Seguindo um “sim” que deu carne ao Ideal que nos alcançou»

A cruz levada pelos peregrinos ao lado da imagem da Virgem

Taipei. Angie e Rosalia voltaram

Cartas

Elas tinham recebido o Batismo na paróquia dos padres da São Carlos. Depois a vida as levou para longe, mas durante o lockdown toparam com os vídeos do Pe. Emanuele. E pediram para encontrá-lo. Assim a amizade se acendeu de novo

Dublin

Dublin. «É Cristo quem preenche a vida»

Cartas

A pandemia paralisou sua escola de idiomas. Para responder a «como se faz para acordar de manhã, sem saber se tudo vai acabar bem?», Mauro relembra a vez que, com Margaret, dormiram num banco da praça...

Caracas. Viver sem anestesia

Cartas

Rafael conta a Venezuela da água racionalizada, da pobreza e da pandemia: «Queria apagar tudo, esconder-me do mundo, na dor do nada». Mas algo resiste nele, um desejo, uma chama

Eneias e Anquise pintados por Rafael

As paredes de casa e o horizonte da vida

Cartas

De um telefonema para uma amiga nasce uma iniciativa online de encontros culturais internacionais, “É-née”, Eneias. Em meio à pandemia, «uma ocasião para eliminar fronteiras e encontrar amigos distantes»

Alguém que me diz: você não está só

Cartas

Após um ano fechados no hospital veio a pandemia, entre dificuldades e preocupações. Mas também muitas descobertas dentro do dia a dia. Assim a mãe de um menino deficiente fala de um presente «pensado para mim»

O despertar de Aimara

Cartas

O que significa «responder ao Senhor através das circunstâncias» e «viver a vida como vocação»? Uma revisão da vida em quarentena, ocupada com o trabalho e a família, à luz das provocações do eBook sobre a pandemia. Carta de Caracas

O Zoom e a amizade inesperada

Cartas

Sua mãe está no hospital em estado grave, mas uma noite de cantos com os Colegiais leva embora sua resignação, «ainda que esses jovens, aparentemente, não tenham nada a ver comigo». Uma carta de Ímola

Como Jesus me faz sentir amado

Cartas

Um grupo de amigos se organiza para levar o jantar a médicos e enfermeiros que tratam de pacientes com Covid no hospital de Forli. Donato è um deles. Que, a um certo ponto, se pergunta: «Por que continuo a voltar aqui?»

Conhecer a Cristo, costurando máscaras

Cartas

«Queria saber mais sobre Jesus...» Essa pergunta de uma amiga desconcertou Elena e a pôs em marcha. No fundo, diz a si mesma, é o seu mesmo desejo. Uma energia que acaba por envolver os moradores do seu bairro