Vai para os conteúdos
Logo Tracce
Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Compartilhar no Linkedin   MySpace

ARTE

A Sagrada Família na diversidade do barroco

por Caroline Baptista
7/2/2013 - O Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro, exibe a exposição “A Sagrada Família” com obras do barroco brasileiro
Imagem da exposição diante da parede de espinhos.
Imagem da exposição diante da parede de espinhos.

Está em cartaz, até o dia 3 de março, no Centro Cultural Correios, no Centro do Rio, a exposição “A Sagrada Família”. A mostra nos permite viajar no tempo e passear pela beleza do barroco brasileiro, dos séculos XVII a XIX. Além de nos surpreender com um cenário múltiplo e encantador de expressões do povo, o grande criador da arte popular brasileira.

Juntos no presépio, ou individualizados, Jesus Cristo, Nossa Senhora e São José foram representados com singularidade por uma diversidade de artistas barrocos e populares regionais. Segundo o curador, Romaric Sulger Büel, a vida de Cristo e sua família, tema principal da exposição, foram, e ainda são, fontes de criação de muitos. É a família mais gloriosa de todas da humanidade e, ao mesmo tempo, uma família comum, tanto que é possível para cada pessoa identificar-se com a sua história.

A exposição apresenta cerca de 100 obras de artistas destacados como Janete Costa, Paulo Pardal, Pierre Vergé e anônimos, de diferentes recantos de Minas Gerais, Pernambuco, Goiânia, Bahia e do Rio de Janeiro. O belo e valioso acervo fica dividido por paredes cobertas de espinhos que retomam a morte de Cristo e paredes repletas de flores, que simbolizam a vida e o amor.

A Arte Barroca Brasileira teve quase exclusivamente como fonte de inspiração a Bíblia e o Novo Testamento, sem esquecer a representação das santas e dos santos escolhidos na tradição católica. “A Sagrada Família” é a oportunidade de mostrar a real continuidade que existe na arte brasileira, pois longe das escolas e universidades tradicionais, ela sempre produziu um saber artístico muitas vezes pouco compreendido e valorizado.

SERVIÇO:
Exposição: “A Sagrada Família”
Curadoria: Romaric Sulger Büel
Local: Centro Cultural Correios (Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro)
Visitação: Até 3 de março - terça a domingo 12h às 19h
Entrada Franca


Outras notícias

 
 

Credits / © Sociedade Litterae Communionis Av. Nª Sra de Copacabana 420, Sbl 208, Copacabana, Rio de Janeiro - RJ
© Fraternità di Comunione e Liberazione para os textos de Luigi Giussani e Julián Carrón

Volta ao início da página