Vai para os conteúdos
Logo Tracce
Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Compartilhar no Linkedin   MySpace

MÚSICA

Bem-vindo de volta à casa, meu velho...

por Walter Muto
4/4/2016 - Guitarrista, cantor, compositor, David Crosby lança nova música, e surpreende

Acontece que David Crosby, um dos mitos absolutos da canção de autor americana, se apaixone pela música de um dos grupos mais interessantes da música jazz – e não só – dos Estados Unidos, os Snarky Puppy. Crosby, 74 anos completados em agosto do ano passado, começa a tuitar e falar para todos os lugares sobre esta sua descoberta. E a voz chega ao líder da banda – mais que banda, uma orquestra, uma espécie de coletivo, de megaprojeto multiforme – o baixista Michael League, que o convida a participar ao novo álbum deles, que saiu aos 12 de fevereiro, com uma nova canção.

Até aqui uma história que poderia parecer pouco interessante. Até quando não se escuta a canção, o seu texto, o seu arranjo, a perfeita união de gerações e gêneros. Somebody Home é facilmente disponível no YouTube. Como conta o próprio Crosby à revista Rolling Stone, o título é uma expressão que indica que em cada pessoa, sob a superfície, há uma alma, como alguém que te espera em casa, precisamente.

E nós frequentemente confundimos o papel do embrulho com o verdadeiro presente que está lá dentro. Uma vida de devassidão, o velho David (droga, excessos, seis filhos, alguns reconhecidos só a distância de anos, outros mantidos durante anos na escola por verdadeiros amigos, como Graham Nash), para, afinal, ficar trinta e sete anos com a mesma mulher e saber “deixar as aparências para reencontrar alma e coração, onde vive a única beleza que permanece”.

Outras notícias

 
 

Credits / © Sociedade Litterae Communionis Av. Nª Sra de Copacabana 420, Sbl 208, Copacabana, Rio de Janeiro - RJ
© Fraternità di Comunione e Liberazione para os textos de Luigi Giussani e Julián Carrón

Volta ao início da página